quarta-feira, 5 de outubro de 2016

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

Implantação da República

A
Implantação da República comemora-se anualmente a 5 de outubro, o dia em que foi proclamada a Independência da República, no ano de 1910, em Lisboa.

Podes ver um vídeo aqui.


O Dia da Implantação da República, 5 de outubro, é um feriado nacional. Este tinha sido um dos feriados eliminados pelo governo em 2012, mas em 2016 acabou por se acordar novamente no Parlamento que esta data é um feriado.

http://abemdanacao.blogs.sapo.pt/1050504.html
Manuel de Arriaga
http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=09527.005.018


5 de Outubro de 1910

No dia 5 de outubro de 1910 deu-se a implantação da República em Portugal. Esta ação foi levada a cabo por um movimento de cidadãos apoiantes do republicanismo nacional. Estes cidadãos não concordavam que Portugal fosse governado pela monarquia. Chefiados por Teófilo Braga, os cidadãos procederam a um golpe de estado, destituíram a monarquia constitucional e implantaram o regime republicano.

Após a proclamação da República foi criado um governo provisório chefiado por Teófilo Braga. Em agosto de 1911 foi aprovada uma nova Constituição, tendo início a Primeira República Portuguesa.

O primeiro Presidente da República foi Manuel de Arriaga, eleito pelo Parlamento a 24 de agosto de 1911.

Com esta mudança foram alterados alguns símbolos do país como o hino e a bandeira nacional, que passou de azul e branca para verde e vermelha.

Retirado daqui: http://www.calendarr.com/portugal/implantacao-da-republica/

Evolução da Bandeira Portuguesa
https://estrelasdecadentes.blogspot.pt/2006/09/cultura-geral-xxv-evoluo-da-bandeira_12.html
Hino Nacional - A Portuguesa

Podem descobrir mais informação no site da Presidência da República.O Hino Português pode ser ouvido aqui.

Versão Oficial de
A Portuguesa
Heróis do mar, nobre povo,
Nação valente, imortal,
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria, sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitória!
Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!
ComposiçãoAlfredo Keil, Henrique Lopes de Mendonça









Sem comentários:

Enviar um comentário